o músico

Nascido em São Sepé, Borges cresceu na Capital e veio morar em Santa Maria, para estudar e viver de música. Ricardo Borges encontrou a felicidade na música. Para ele, viver desta arte é maravilhoso. Ele se considera um cara de sorte por vir de uma família que nunca o reprimiu. Mesmo reconhecendo que a vida de músico não tem muito luxo e, na maioria das vezes, o dinheiro só dá para pagar as contas. Porém, desde cedo, aprendeu que a felicidade não se encontra nesse tipo de coisa.

Borges revela que sempre teve o interesse em gravar suas composições solo. Segundo ele, as pessoas se transformam e, até mesmo por isso, algumas bandas não dão certo, pois às vezes, o final de uma banda pode significar o amadurecimento individual de cada um dos integrantes.

Ricardo conta ainda que seu processo de criação na maioria das vezes é intuitivo e confessa conseguir musicar composições de outras pessoas com facilidade. Porém, para escrever as próprias letras, precisa de muita inspiração.

Texto adaptado do original de Cassiano Cavalheiro, publicado no Diário de Santa Maria em 14/06/2017.

encontre
ricardo borges em

borgesinverso

ricardoborges

(51) 98318 8256

contato@ricborges.com